Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
As Primas de Godot / Folha de Medronho - Artes Performativas

As Primas de Godot / Folha de Medronho - Artes Performativas

Teatro & Arte | Teatro

Cine-teatro Louletano

CineTeatro
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2020
nov
06

Sessão

06 nov 2020 21:30
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

60 minutos

Abertura Portas

21:00

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Câmara Municipal de Loulé

Sinopse

Bolsa de Apoio ao Teatro 2020

As primas de Godot esperam o fim do mundo.
Ouviram dizer que ele vinha aí. E que podia ser a qualquer momento. Que era só uma questão de tempo.
Por isso esperam.
E esperam sem esperança de que alguma coisa, ou alguém possa aparecer de repente para o evitar. E esperam só que, ao menos, seja uma coisa espectacular, grandiosa, digna da grande tragédia humana.
Mas também isso não é certo.
Pode bem acontecer que o fim do mundo não chegue nunca. Pode bem acontecer que sejamos nós todos a acabar primeiro, depois de o termos tornado inabitável para todas as formas de vida existentes e conhecidas.
Pode bem acontecer que esse final não tenha nada de grandioso. Que seja apenas uma asfixia lenta, um definhar progressivo de toda a vida. Pode ser que depois do fim reste apenas um planeta povoado de fantasmas.
Perante esta inevitabilidade anunciada, as primas de Godot preferem esperar sentadas. Para elas é como se o tempo não existisse. Talvez ainda não se tenham dado conta de que cada segundo que passa é um segundo a menos da vida que lhes resta.
Olhos que não vêem, coração que não sente. O que mais lhes dói é esta espera. Não se mexem sequer para ir tentar ver o que se passa, ou tentar mesmo evitar o fim anunciado. Nada. Esperam.

Texto: Pedro Malaquias / Encenação: João de Mello Alvim / Dramaturgia e Concepção Plástica: Cristina Ramos Cunha / Interpretação: Alexandra Diogo e Anália Manuel / Luz e Sonoplastia: Flávio Martins / Produção e Comunicação: Alexandra Diogo e Cristina Ramos Cunha / Design: Zita Medeiros / Fotografia e Vídeo: Tiago Melo Bento / Coprodução: Associação Cultural Corredor / Apoios: Câmara Municipal de Loulé (Cineteatro Louletano), Direção Regional da Cultura - Açores, Junta de Freguesia S. Sebastião - Loulé

Preços

Preço único: 5 € (sem descontos aplicáveis)

-
Partilhar
Cartão de Amigo