Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
António Raminhos apresenta

António Raminhos apresenta "O Melhor do Pior"

Teatro & Arte | Stand-Up

Cine-teatro Louletano

CineTeatro
Classificação Etária
Maiores de 16 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2018
jan
21
Realizado

Duração

80 minutos

Abertura Portas

16:30

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Câmara Municipal de Loulé

Sinopse

O conhecido humorista tem surpreendido os portugueses com vários produtos da sua mente insana. Ora com chinesices, ora com as Marias, ou até mesmo com banhos públicos acompanhado de celebridades, nunca se sabe o que esperar do comediante. O Melhor do Pior é o seu mais recente trabalho desenvolvido para os palcos e fala do seu último ano...

António Raminhos nasceu no ano de Cristo de 1980, curiosa e exatamente 38 anos e 152 dias depois de Eusébio e cinco anos e 142 dias antes de Cristiano Ronaldo. Não era o filho preferido de seus pais. A mãe queria uma menina, o pai um Mercedes 200 D, mas devido às ancas estreitas da mulher contentou-se com o rapaz. António Raminhos sempre foi um miúdo pacato. Desde cedo que mostrou a sua queda para pensamentos idiotas e associações mentais ridículas, que lhe valeram o apelido de o estúpido lá de casa. Aos 18 anos entrou na faculdade, depois voltou a sair, até porque a porta não era aquela. Estudou jornalismo, foi redator do jornal A Capital durante dois anos e de um programa na RTP1, mas falar a verdade, ser sério e rigoroso não era com ele. Por isso dedicou-se ao humor ou como ele chama: a tentativa de fazer piadolas.

À semelhança dos grandes génios também António Raminhos possui uma doença grave. Como a esquizofrenia já tinha sido ocupada pelo matemático John Nash, a surdez por Ludwig van Beethoven e uma doença degenerativa muscular por Stephen Hawking, António Raminhos ficou com o chamado TOC, Transtorno Obsessivo-Compulsivo. Uma doença que o leva a lavar as mãos exatamente 52 vezes por dia, a verificar 15 se o carro está fechado e a escrever este texto na terceira pessoa do singular.

Ainda assim sobra-lhe tempo para atuar em bares, auditórios, ter uma crónica mensal na revista Maxmen, participar em programas de televisão na SIC, RTP, Benfica TV e escrever sketches de humor para vários programas (embora não possa revelar quais por vergonha).

Preços

Preço: 12 € ou 10 € para maiores de 65 e menores de 30 anos

Cartão de Amigo aplicável

Partilhar
Cartão de Amigo