Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Moda Vestra | João Frade, Ana Perfeito e Sickonce

Moda Vestra | João Frade, Ana Perfeito e Sickonce

Música & Festivais | Experimental

Cine-teatro Louletano

CineTeatro
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2018
out
06
Realizado

Duração

75 minutos

Abertura Portas

21:00

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Câmara Municipal de Loulé

Sinopse

[Multidisciplinar: Música/Imagem]

A partir de uma encomenda artística da Rede Azul Rede de Teatros do Algarve, realizada com o objetivo de estimular e valorizar a criação contemporânea com protagonistas algarvios e a sua circulação pela região, é apresentado em Loulé, em estreia absoluta, o espetáculo interdisciplinar Moda Vestra.

Moda Vestra é um coletivo de três artistas naturais do Algarve: João Frade (acordeonista), Sickonce (eletrónica) e Ana Perfeito (artista visual). Os criativos reúnem-se assim para criar um projeto audiovisual que, a partir das sonoridades musicais tradicionais da região, pretende explorar a ambiguidade entre o tradicional, o passado, o atual e visões de futuro do Algarve, isto numa ótica experimental de releitura contemporânea. A fusão de estilos e meios diferentes visualiza a entrega de uma identidade una mas em aberto. Uma entrega vestra com o intuito de ser completada pelo público. Deste princípio surge a origem do nome Moda Vestra: Moda de atual e de cancao tradicional; Vestra do latim teu/tua.

O processo criativo será por si uma busca dessa identidade com a metodologia de dar espaço ao outro, de deixar a personalidade de cada artista (co)existir e colocar os seus elementos na construcao coletiva da historia. As ferramentas para a materialização deste desafio serão o acordeao, instrumentos musicais, maquinas, samples, ambientes sonoros e visuais imagens do que foram e são estes artistas. Quer-se cru, forte, emotivo, com margem para interpretacoes e duvidas.

Direção artística e arranjos: João Frade e Sickonce / Interpretação: João Frade (acordeão), Sickonce (eletrónica), Ana Perfeito (imagem), João Filipe Guerreiro ou Emanuel Marçal (acordeão), Paulo Machado (baixo e teclados)

Fotos: Joana R. Gomes (Camille Leon)

Conceito e coordenação geral: Rede Azul Rede de Teatros do Algarve / Parceria estratégica e co-produção: Municípios de Loulé, Faro, Albufeira, Castro Marim, Lagoa, Lagos, Olhão, Portimão, São Brás de Alportel, Silves e Tavira, Mito Algarvio - Associação de Acordeonistas do Algarve / Parceiro da área turística: Proactivetur - Projeto TASA / Apoio: Programa 365 Algarve/Turismo de Portugal e Direção Regional de Cultura do Algarve

Preços

Preço único: 5 €

(os jovens já com 18 anos ou que completem os mesmos no ano civil de 2018 têm direito a entrada gratuita neste evento, mediante a disponibilidade da sala)

Partilhar
Cartão de Amigo